Transtornos neurológicos funcionais: um guia para pacientes

incluindo crises não-epilepticas  doenças do movimento funcionais e outros sintomas funcionais

Hemi

neurosymptoms.org

Síndrome pós-concussão/ pós-traumático

 

A síndrome pós-concussão é uma descrição dada a um conjunto de sintomas físicos e cognitivos que às vezes ocorre após pequenos ferimentos na cabeça. Esses incluem:

 

Tontura

Perda memória e concentração

Dor de cabeça

Fadiga

Transtornos de sono

Sensibilidade à luz

Zumbido

Dor de pescoço

Irritabilidade

 

O nosso grupo de pesquisa criou um novo site especificamente para pacientes com traumatismo craniano ligeiro ou sintomas após um pequeno trauma na cabeça. Clique abaixo para ir ao site do Head Injury Symptoms:

CLIQUE ABAIXO PARA IR PARA www.headinjurysymptoms.org

 

 

 

 

 

 

 

Nessa situação, quando os médicos se referem a traumas leves na cabeça, estão falando de pequenas batidas na cabeça. Uma concussão leve geralmente leva a uma breve perda de consciência (menos de 15 minutos) e pouca perda de memória após o acidente (menos de uma hora).

 

A concussão não tem uma definição aceita universalmente, mas em geral significa uma batida na cabeça sem perda de consciência ou amnésia que resulta em sintomas imediatos.

 

Nas primeiras horas e dias após uma concussão, é normal sentir tontura, falta de concentração e outros dos sintomas listados acima.

 

Mas sabemos, a partir de renomados estudos, que, após um traumatismo cranioencefálico ligeiro ou concussão, os sintomas geralmente desaparecem em dias, semanas ou no máximo vários meses.

 

Por vezes, existem razões específicas para alguns sintomas.

 

Por exemplo, um trauma na cabeça de qualquer tipo pode desalojar a “poeira ou cristais” nas partes do equilíbrio do ouvido, causando tontura (vertigem posicional paroxística benigna, ou VPPB). Existem outras complicações potenciais do traumatismo craniano, mas geralmente não há nenhuma razão específica para os sintomas e exames como a ressonância magnética cerebral serem normais.

 

O cérebro possui uma boa capacidade de se recuperar de golpes na cabeça, desde que eles não sejam recorrentes.

 

Na síndrome pós-concussão, os sintomas persistem mais do que o esperado pela natureza da lesão. Eles geralmente ficam piores ao longo do tempo, enquanto os sintomas diretamente relacionados a uma lesão na cabeça são piores no início e melhoram lentamente.

 

Então o que causa os sintomas pós-concussão?

 

O que acontece é que, depois de sofrer uma lesão, os “botões de volume” nas vias do sistema nervoso ficam “voltados para cima – volume mais alto”. Estes incluem as vias da dor, bem como vias sensitivas envolvidas em sintomas como a tontura. O cérebro geralmente é muito bom em filtrar as sensações para que possamos nos concentrar naquelas que precisamos. Depois de um trauma na cabeça, esse processo pode não funcionar adequadamente por uma série de razões pelas quais sinais adicionais de dor e sinais sensoriais podem passar.

 

Normalmente, esses “botões de volume” vão novamente para mais baixo, e os “filtros cerebrais” são restaurados lentamente, mas na síndrome pós-concussão eles ficam ligados ou até aumentam ainda mais ao longo do tempo.

 

Se a isso for somado o choque de ter um trauma na cabeça e a preocupação de que há algum tipo de lesão cerebral, não é difícil concluir como isso pode piorar as coisas.

 

 

Então a síndrome pós-concussão é causada por lesão cerebral?

 

Em poucas palavras, não. Ela é ativada por um golpe na cabeça, durante o qual pode haver algum dano mínimo no cérebro. Mas não se esqueça de que os adultos perdem células neuronais todos os dias.

 

Os sintomas de tontura, falta de concentração e fadiga são idênticos aos observados em pacientes com sintomas funcionais que não tiveram um trauma na cabeça. Portanto o conselho sobre eles neste site é relevante para você, se esta for a sua situação.

 

 

Síndrome pós-concussão ou síndrome pós-traumática?

Numa das mais notáveis pesquisas sobre esse assunto nos últimos anos, uma pesquisa na Austrália mostrou que a proporção de pessoas observadas no hospital com um pequeno trauma na cabeça que desenvolveu sintomas pós-concussão foi exatamente a mesma que as pessoas que recorreram ao hospital por um trauma na perna, braço ou outra parte do corpo, excluindo a cabeça (Meares et al. Traumatismo cranioencefálico leve não prediz a síndrome pós-congestão aguda. JNNP 2008; 79:300-6).

 

As evidências sugerem que há uma síndrome pós-traumática na qual as pessoas desenvolvem sintomas predominantemente funcionais e, claro, genuínos. A evidência adicional sugere que “danos cerebrais”, que é o que as pessoas estão com toda razão preocupadas, geralmente não é a causa do problema.

 

 

Uma abordagem ao tratamento da síndrome pós-concussão

A maioria dos sintomas da síndrome pós-concussão pode ser abordada como sintomas funcionais que ocorrem sem uma batida na cabeça.

 

Procure nas páginas respectivas sobre Tontura, Fadiga, Falta de memória e concentração, Transtornos do sono, Dor de cabeça, Ansiedade, Sintomas sensitivos e outras para mais informações.

 

Existem vários aspectos específicos para o tratamento da síndrome pós-concussão:

 

1. Compreenda o diagnóstico corretamente: Como os sintomas foram desencadeados por um trauma na cabeça e estão lá desde então, é razoável sentir que a lesão “causou” os sintomas. Isso num certo sentido pode ser verdade. Mas caso você se convença de que os sintomas são causados por danos cerebrais, é provável que isso prejudique a sua recuperação. Se os sintomas piorarem quando tentar fazer as coisas, então você poderá se sentir desanimado por ter algum tipo de “dano” e perder a esperança numa recuperação. Se você se convencer de que seus sintomas são potencialmente reversíveis, a sua reabilitação será mais fácil.

 

2. Outras consequências após um traumatismo craniano, como vertigens benignas (ver acima), podem ter tratamentos mais específicos. A enxaqueca às vezes pode ser exacerbada ou desencadeada por um trauma na cabeça. Quando isso acontece, deve ser tratado como enxaqueca.

 

3. Como mencionado anteriormente, um trauma leve na cabeça pode causar um tipo de vertigem conhecida como vertigem posicional paroxística benigna (VPPB). Isto é causado pelos cristais que são desalojados nas partes do ouvido relacionadas com o equilíbrio. Os sintomas de VPPB são episódios de vertigem (sensação de que as coisas estão girando). O tratamento é uma manobra de reposicionamento ou exercícios, que o seu médico ou fisioterapeuta pode te ensinar. Esses tipos de exercício também são úteis na tontura crônica.

 

4.transtorno de estresse pós-traumático descreve um conjunto de sintomas psicológicos como a repetição frequente do evento, pesadelos, ser excessivamente vigilante ou nervoso e ficar ansioso. Após um evento traumático grave, alguns desses sintomas podem ser normais ou esperados durante um período, mas se persistirem ou piorarem pode valer a pena discutir com o seu médico, uma vez que existem tratamentos específicos.

 

5. Ansiedade ou depressão: Ter um ferimento na cabeça e sintomas pode levar a algum tipo ansiedade e depressão depois, especialmente se estiver sem trabalhar. Vale sempre a pena lembrar que a fadiga, o transtorno do sono e a falta de memória e concentração podem fazer parte da ansiedade e da depressão. Pode ser importante discutir isso com o seu médico.

 

6. Pedidos de indenização: Você poderá ter direito a uma indenização pela sua lesão. Não há nada de errado nisso, mas vale a pena estar ciente de como isso pode afetar, por vezes, a sua saúde. Muitos pacientes que passam por esse tipo de processo não percebem quanto tempo às vezes isso leva (anos em alguns casos). Eles também não percebem que, como parte da alegação, algumas pessoas precisam repetir a sua história incansavelmente, às vezes para profissionais céticos. Esse processo pode ser estressante para algumas pessoas. Também acaba fazendo com que elas tenham que olhar, às vezes com raiva, frustração e ressentimento, para eventos passados que são capazes de atrapalhar as tentativas de reabilitação, mesmo quando os sintomas são genuínos.

 

Este site não incentiva nem desencoraja pedidos de indenização, mas entender como eles podem interagir com os sintomas pós-concussão pode ser importante.

 

 

 

Você poderá ter mais informações nos links abaixo:

 

Mayo Clinic - information on Post Concussion Syndrome

 

Headway - UK Brain injury charity information on Minor Head injury and concussion

 

NHS choices - UK

Post-Concussion Syndrome Post Concussion Information Sheet Pic headinjurysymptoms